No âmbito da noticia publicada no jornal Público no dia 29 de outubro de 2013 sobre a pretensão do governo legislar sobre a redução do número de animais nos apartamentos, a TSF ouviu o presidente da direção da APEGAC, Vitor Amaral, que disse que a lei pode ficar aquém das expetativas, embora compreenda que exista conflitos de interesses entre aquilo que são os direitos dos proprietários dos animais e os direitos dos condóminos em preservar a boa qualidade de vida que, muitas vezes, é perturbada com a presença de animais no prédio. Acrescentou por fim que deve imperar sobretudo o bom senso.