Existem atualmente cerca de 1500 empresas que registam, como atividade principal, a administração de condomínios, e que gerem um volume de negócios “direto e indireto” de cerca de 900 milhões de euros anuais, com 50 mil postos de trabalho ativos.

A informação foi revelada ao JORNAL DE LEIRIA por Fernando Cruz, presidente da APEGAC (Associação Portuguesa de Empresas de Gestão e Administração de Condomínios), e Luiz Branco, diretor geral da Sigma Incentive, entidades que estão a organizar a primeira edição da Condexpo, uma feira que pretende “reunir as mais expressivas empresas fornecedoras de produtos e serviços para condomínios.”

Em Leiria existem cerca de 50 empresas de gestão e administração de condomínios, referem os mesmos responsáveis, adiantando ainda que o distrito “não apresenta diferenças significativas em relação ao panorama nacional”. Cerca de 40% da população portuguesa (mais de quatro milhões de pessoas) “vive em condomínios que têm, atualmente, uma dimensão cada vez maior e são planeados à escala da prossecução de objetivos de sustentabilidade dos edifícios e de proteção da envolvente ambiental”.

De acordo com Fernando Cruz e Luiz Branco, a CONDEXPO é um salão nacional de soluções para condomínios em Portugal que “está a cumprir uma tendência e uma necessidade natural deste mercado em particular, que é proporcionar um ponto de encontro entre as empresas de gestão de condomínio e as empresas prestadoras de serviço para condomínios com foco em negócios”. Esta feira, que se realiza em Abril do ano que vem, no Centro de Congressos de Lisboa, é destinada a gestores, proprietários e profissionais do sector de condomínios e pretende “promover o crescimento e volume de negócios” deste sector no País. O objetivo é “expandir o mercado para sectores que ainda não são explorados comercialmente”, através do incentivo ao “intercâmbio comercial no sentido económico entre as empresas de cada região do país”, ao mesmo tempo que são promovidas industrias, produtos, serviços e marcas. A organização espera cerca de nove mil visitantes.

Fonte: Jornal de Leiria