Não há volta a dar, apesar de comprarmos casa sonhando que tudo vai correr perfeitamente, nem sempre é assim! Às vezes o sonho torna-se pesadelo e a casa que tanto quisemos começa a encher-se de humidade. Seja por uma construção deficiente, seja porque a casa está localizada numa zona muito húmida, seja pela passagem do tempo, por vezes, mesmo nas casas novas, o excesso de humidade é um problema sério.

É um problema para a saúde dos moradores pois o excesso de humidade leva ao aparecimento de bolores, cujos esporos são os maiores causadores de doenças respiratórias alérgicas, é um problema para a casa em si,  cujas estruturas ficam frágeis e danificadas, e é um problema para o recheio, pois roupas, móveis, livros, ou qualquer outro item, acabam por ficar danificados quando a humidade interior é elevada. E aí perguntamo-nos o que fazer… Mantenha a calma, porque as soluções existem, embora requeiram algum trabalho e talvez algum investimento.

A humidade interior tem três causas principais: – condensação, capilaridade e infiltração. Cada uma tem formas distintas de atuação, pelo que é importante que saiba qual a origem da humidade em sua casa antes de planear uma intervenção, e para isso ninguém melhor do que os profissionais para o ajudar.

1. Humidade causada por condensação

Uma Casa Portuguesa - Ferraria de São João (Antes): por Uma Casa Portuguesa

É o tipo de humidade mais vulgar nas casas recentes, mas também nas mais antigas. Surge quando o vapor de água que produzimos no interior das habitações entra em contacto com superfícies mais frias e condensa, formando gotículas de água que se infiltra nelas. Aparece geralmente nos cantos das paredes e tetos e acaba por se manifestar sob a forma de inestéticas manchas pretas ou castanhas, como pode ver no teto do compartimento que vemos na foto, um projeto de recuperação de uma casa antiga em que este problema foi muito bem resolvido, da autoria de ’UMA CASA PORTUGUESA’.

O vapor de água gera-se em várias atividade levadas a cabo numa casa, como cozinhar e tomar banho, mas o seu volume é agravado por roupas a secar dentro de casa, plantas erradas para ambientes interiores, entre outras. Se a casa não tiver ventilação suficiente,  a temperatura das paredes for muito inferior à do ambiente, ou a humidade exterior for muito elevada, esse vapor condensa formando as referidas manchas.

Se o problema em sua casa se estiver a dever à condensação as soluções vêm já a seguir!

Controle a humidade com equipamento adequado

Casa de banho translation missing: pt.style.casa-de-banho.campestre por Inspire Audio Visual

Claro que percebemos que a casa é húmida quando vemos as paredes com água a escorrer, mas não é preciso chegar a esse ponto visível para a condensação ser um problema. Muito antes de se aperceber a humidade já está fora dos limites e a condensação vai-se formar, de forma mais subtil, mas contínua.

Para poder agir sobre o excesso de humidade em tempo útil o melhor é controlar o seu grau com algum rigor. Assim o método mais seguro é instalar sensores de humidade pela casa. Eles podem ser integrados com o sistema de ar condicionado, ou mesmo com o desumidificador, que são ativados quando a humidade atinge níveis críticos.
Mas se as suas finanças estão em baixo pode optar por higrómetros ou termo higrómetros. São equipamentos mais baratos e pode escolhê-los de forma a que se integrem no seu estilo de decoração, e não pareçam deslocados no ambiente.

Abra janelas

Moradia Sintra: Casas de banho modernas por MRS - Interior Design & Real Estate Image Consulting

Abra janelas! Abra as que tiver, mas se forem insuficientes considere a possibilidade de rasgar mais.  E se estiver a construir não se esqueça de incluir janelas amplas nos seus espaços! Além de serem a forma mais natural de ventilação, as janelas também deixam entrar a luz do sol, impedindo a formação de condensação e o crescimento de fungos. Tudo isto e ainda dão muito estilo aos seus espaços de vivência!

As janelas são excelentes, mas se a humidade exterior é demasiado elevada não vão funcionar como pretendido, e pode ser necessário instalar equipamento de extração forçada, como veremos a seguir.

Instale equipamentos de extração

Casa em Guimarães: Casas de banho minimalistas por 3H _ Hugo Igrejas Arquitectos, Lda

O exaustor da sua cozinha é um clássico no que toca a impedir a condensação na cozinha. Nunca se esqueça de o utilizar se precisa de impedir a escalada dos valores de humidade em casa, e se não tem comece a fazer planos para adquirir um!

A casa de banho é o local onde produção de humidade por condensação é mais intensa. Se as suas paredes ficam cobertas de gotículas, mesmo se tiver uma janela considere a aquisição de um extrator ou de um ventilador. Sempre que os valores de humidade num compartimento sair do intervalo ótimo considere usar como solução de recurso um desumidificador, sabendo de antemão que não resolve o problema de forma duradoura.

Se toda a casa é propensa a ter humidade elevada opte por uma solução abrangente. Hoje em dia existem no mercado equipamentos que funcionam com ventilação positiva regulada pelos valores de humidade interior, captando ar frio do exterior que é pré aquecido e injetado no interior da habitação, criando sobrepressão e fazendo com que o ar húmido saia para o exterior. Não será uma solução barata, mas é muito eficaz!

Use o ar condicionado mais moderno

Cozinhas modernas por Design Spirits

Hoje em dia existem inúmeros sistemas de ar condicionado do tipo split que já integra um sistema de aquecimento e de desumidificação. Isto significa unir as funções de climatização de temperatura e de controlo do excesso de humidade num só equipamento, o que poderá significar poupança na conta de eletricidade.

Coloque isolamento

Habitações translation missing: pt.style.habitações.moderno por Studio Architetto Andrea Caravatti - progetto META

O isolamento é essencial para evitar que a humidade do exterior entre em sua casa. Ele também é necessário para evitar a perda de ar seco e quente do ar condicionado ou do aquecimento, mantendo a temperatura interior em níveis estáveis que impeçam a condensação.
Existem inúmeros materiais de isolamento e hoje em dia nem sequer é necessário que fique no interior das paredes, podendo ser instalado no exterior da casa sem ter deixar de lá viver.  Mas se não pode fazer obras agora, pode calafetar provisoriamente a sua casa com faixas de calafetagem, mantas de lã de vidro no pavimento do sótão, ou mesmo chouriços de serradura na fresta da porta. Tapetes e carpetes que também fazem um isolamento eficaz e agradável.

Seja qual for o método de isolamento que escolher deve sempre ter em conta a ventilação, ou o isolamento pode revelar-se contraproducente.

Utilize o revestimento correto

Quarto Natura: Quartos campestres por MUDA Home Design

Sabia que consegue isolar as suas paredes com uma simples tinta? Não é uma mera tinta claro está, mas é muito eficaz.  É um revestimento termo cerâmico, a última novidade em revestimentos de isolamento, e aplica-se como uma tinta. Vai atuar como isolamento pelo que vai ajudar a diminuir substancialmente a humidade nas suas paredes e tetos.

2. Humidade por capilaridade

 por giulia pellegrino studio di progettazione

Sabe aquele efeito de fazer subir a água por uma palhinha sem ser preciso muita sucção? Chama-se capilaridade e é um fenómeno físico que consiste na ascensão da água por pequenos canos, ou capilares, e é o que acontece no chão e base das paredes de muitas casas com um isolamento deficiente entre o pavimento e o solo… A água repassa do solo e vai subindo pelo pavimento e pelas paredes, podendo atingir até 1,5m nestas, causando salitre, manchas e danos nos revestimentos. Veja a solução a seguir!

Impermeabilizar é a única solução

Remodelação / Renovação de Interiores: Quartos rústicos por RenoBuild Algarve

Este problema, que atinge sobretudo os pisos térreos em casas com mau isolamento do solo, sobretudo as mais antigas, não é de fácil resolução, mas também não é impossível ver-se livre dele. O que há a fazer é consultar um profissional para fazer a impermeabilização do piso de sua casa!

Existem várias opções de impermeabilização, como a cortiça projetada, os módulos de plástico ocos, ou as telas, mas apenas um especialista saberá aconselhá-lo sobre a melhor escolha para o seu caso!

3. Humidade por infiltração

 por Dogares

A humidade infiltrada pode vir do exterior ou ter uma origem bem no coração de nossa casa! Lá de fora as causas mais vulgares são terraços mal impermeabilizados, rachaduras nas paredes, danos nos revestimentos ou caleiras e algerozes entupidos ou danificados. Lá dentro as canalizações são as principais culpadas.

Tal como o tipo de humidade anterior, a humidade por infiltração pode danificar seriamente a estrutura do edifício e pôr em causa a sua habitabilidade. Veja algumas soluções:

Consertar os danos nas paredes e revestimentos

Renovação de Fachadas / Reparação de Fendas: Habitações translation missing: pt.style.habitações.rustico por RenoBuild Algarve

Há muito a fazer e os especialista saberão aconselhar… A primeira coisa a fazer é arranjar todas aquelas rachaduras na parede exterior e interior, e se tiver revestimento, seja ele qual for, não se esqueça de o inspecionar regularmente, substituindo ou consertando tudo o que estiver danificado. E depois há uma infinidade de outras medidas como impermeabilização interior dos muros enterrados, proteção do betão, e proteção de solos ou muros, etc.

Se arranjar não é suficiente…

Se mesmo assim a humidade continuar a aparecer o melhor a fazer é substituir todo o revestimento exterior ou, se este não existia, procurar um que seja adequado às condições da sua construção e da zona onde está implantada. Tintas impermeáveis, placas de revestimento nos mais diversos materiais… A oferta é muita, e mais uma vez a consulta a um profissional é o melhor caminho!

Trate do topo da sua casa

Verifique regularmente o estado do seu telhado ou terraço, procurando telhas partidas, vigas abauladas, telhas rasgadas, ou sinais de infiltração. E ao menor sinal de danos repare! Lembre-se de que os revestimentos danificados não deixam só a água entrar, também deixam o calor sair!

Se os danos forem extensos considere uma solução mais duradoura como uma intervenção total do terraço ou a substituição do telhado. Mas como estas soluções são caras pode sempre ir tentado fazer a impermeabilização por secções… Arrisca-se no entanto a que os danos se tornem muito extensos ou irreparáveis nas áreas não intervencionadas.

Acabe com as fugas!

Casas de banho modernas por Klein GmbH & Co. KG

O tempo passa e as canalizações deterioram-se, infelizmente é assim. E quando uma canalização estala, um ralo entope ou uma torneira deixa escapar água pela base essa água tem de seguir um percurso qualquer. Normalmente acaba por se infiltrar e espalhar pelas paredes, tetos ou pavimentos danificando tudo no seu caminho, ao ponto de num extremo poder pôr em causa a segurança da própria casa, e isto sem falar nos maus cheiros e no bolor que inevitavelmente se instala.

Não deixe uma situação destas avançar! É certo que muitas vezes só damos conta da sua existência depois da mancha estar instalada, mas assim que vir vestígios de uma infiltração de água deste género na sua casa não deixe que avance, repare-a imediatamente.

Fonte : Elisabete Claudia Figueiredo in homify