O processo de Certificação da ”QUALIDADE DE SERVIÇO DA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS” visa assegurar, ao mercado, que as organizações certificadas garantem um conjunto de requisitos e critérios de qualidade definidas como referências para o exercício da atividade de gestão e administração de condomínios.

Esta Norma de Serviço da APEGAC/ Bureau Veritas visa garantir que a atividade económica de gestão e administração de condomínios é exercida com base em princípios éticos, de rigor e de transparência, com a qualificação profissional ajustada, com uma presença cada vez mais preponderante na necessária manutenção do parque habitacional do país e igualmente indispensável na gestão dos recursos e das relações que são consequência natural da compropriedade, estabelecendo os padrões de confiança, essenciais ao desenvolvimento do mercado.

Este processo deverá constituir uma ferramenta de gestão fundamental para as empresas, a par com o estabelecimento da base de confiança atribuída às organizações certificadas

PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO

O desenvolvimento da Norma de Serviço e Especificações Técnicas para avaliação da ”QUALIDADE DE SERVIÇO DA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS” foram elaborados pela APEGAC e pela Bureau Veritas, entidade que irá assegurar o processo de auditoria e certificação.

A inscrição para o processo de certificação está aberta a todas as empresas que tenham como atividade a gestão e administração de condomínios, sediadas em território nacional.

Todas as empresas inscritas no processo de certificação terão acesso às especificações técnicas da Norma de Serviço e a um Workshop em que será esclarecido todo o processo e conteúdo da Norma e terão a oportunidade de ver esclarecidas as dúvidas que possam ter sido suscitadas, em relação aos procedimentos conducentes à certificação.

As empresas terão o tempo que considerem necessário para ajustarem os seus procedimentos e processos às especificações técnicas, após o que será agendado o processo de auditoria para certificação no Nível 1 (Nota Explicativa)

As empresas certificadas no nível 1, terão, no limite ao terceiro ano após a obtenção do nível 1, que requerer a certificação no nível 2, ou se entenderem poderão certificar-se diretamente no nível 3, se entenderem que cumprem as especificações para aquele nível.

As empresas certificadas no nível 2, terão, no limite ao segundo ano após a obtenção do nível 2, que requerer a certificação no nível 3.

CONDIÇÕES PARA CERTIFICAÇÃO

O processo de certificação da ”QUALIDADE DE SERVIÇO DA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS” terá os seguintes custos para as empresas que decidirem certificar-se:

  • Custo de Inscrição a pagar à APEGAC (pagamento único).
  • Custo de Gestão do Processo de certificação a pagar à Bureau Veritas (pagamento único).
  • Custo da auditoria a ser efetuada para certificação da empresa (Pagamento de acordo com o Nível requerido)
  • Custos com deslocações dos auditores, a serem consideradas a preço de custo e definidas caso a caso.

 

TABELA DE PREÇOS

 

APEGAC

Bureau Veritas

Inscrição

Gestão do Processo

Nível 1 Nível 2 Nível 3
 
Pré-Inscrição*

Associados

100€ 175€ 630€ 975€ 1.300€

Não Associados

750€ 500€ 630€ 975€ 1.300€
 

Inscrição

Associados 200€ 175€ 630€ 975€ 1.300€
Não Associados 900€ 500€ 630€ 975€

1.300€

*Pré inscrição – Preenchimento do formulário e pagamento até 31 de maio de 2017

 

Formulário para Inscrição no Processo de Certificação em “Qualidade na Gestão de Condomínios”

 

O processo de pré-inscrições decorre até 31 de maio de 2017, e as inscrições são validadas após confirmação do pagamento.

As empresas inscritas serão contactadas num prazo de 30 dias para agendamento do workshop de Formação/Informação sobre as especificações técnicas da certificação. 

Para obter certificação da “Qualidade de serviços da Gestão de condomínio” e promover a melhoria ano após ano, deverá cumprir, no mínimo, os requisitos abaixo (para cada ano da certificação).

Requisitos

Nível 1 Nível 2 Nível 3
4.1 Deverá ter pelo menos um Orçamento Ter um plano de negócios, com indicadores de desempenho.

 

Ter um plano de negócios, com indicadores de desempenho.

Evidenciar a melhoria no desempenho

4.2 Ter um procedimento/instrução com a definição de competências; responsabilidades. Ter um Organograma. Demonstrar a aplicação do procedimento, e ou um plano de ação para atingir os requisitos requeridos. Evidenciar todas as competências
4.3 Ter um seguro de responsabilidade civil no mínimo de 20.000€. Ter um seguro de responsabilidade civil de 100.000€. Ter um seguro de responsabilidade civil de 100.000€.
4.4 Cumprir com os requisitos legais. Ter um procedimento de segurança de dados. Cumprir com os requisitos legais. E demonstrar o cumprimento do procedimento de segurança de dados.

Utilizar pelo menos 1 ferramenta informática requerida.

Cumprir com os requisitos legais. E demonstrar o cumprimento do procedimento de segurança de dados. E utilizar todas as ferramentas informáticas de gestão requeridas.
4.5 Cumprir os requisitos definidos no anexo 1 Cumprir os requisitos definidos no anexo 1 Cumprir os requisitos definidos no anexo 1
5.1.1 Ter uma proposta comercial com o cliente. A proposta comercial deverá cumprir os requisitos da norma. A proposta comercial deverá cumprir, no mínimo os requisitos da norma.
5.1.2 Ter um contrato reduzido a escrito, de acordo com requerido em 5.1.2.1; 5.1.2.2; 5.1.2.3; 5.1.2.4; 5.1.2.5 Ter um contrato reduzido a escrito, de acordo com requerido em 5.1.2.1; 5.1.2.2; 5.1.2.3; 5.1.2.4; 5.1.2.5 Ter um contrato reduzido a escrito, de acordo com requerido em 5.1.2.1; 5.1.2.2; 5.1.2.3; 5.1.2.4; 5.1.2.5
5.1.3 Fazer a vistoria às condições técnicas do serviço. E ter elaborado o template do impresso onde será registado. Fazer o registar em impresso próprio, e cumprir com o requerido neste requisito. Fazer o registar em impresso próprio, e cumprir com o requerido neste requisito.
5.1.4 Possuir a documentação referente ao edifício. Ter elaborado um procedimento para o arquivo e manutenção da documentação referente a cada edifício. Cumprir o procedimento para o arquivo e manutenção da documentação referente a cada edifício. Cumprir o procedimento para o arquivo e manutenção da documentação referente a cada edifício.
5.2 Ter um procedimento de prestação do serviço. Implementar e cumprir o procedimento definido para a prestação do serviço de acordo com os pontos 5.2.1 Demostrar a melhoria na prestação do serviço.
5.2.1 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.2 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.3 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.4 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.5 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.6 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.8 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
5.2.9 Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade Cumprimento na totalidade
6 Ter definido as várias funções. Se necessário, ter definido um plano para obtenção das competências necessárias. Demostrar o cumprimento do plano para obtenção das competências necessárias para as várias funções. Ter obtido e demonstrar que possui todas as competências necessárias e requeridas pela norma.
7.1 Ter uma metodologia para responder aos critérios solicitados e subcritérios. Ter definido os indicadores de desempenho requeridos e monitorizar os mesmos. Monitorizar os indicadores e demonstrar melhoria no desempenho.

7.2

Ter definido uma metodologia para monitorizar a satisfação do cliente e reclamações.

Cumprir a legislação para o livro de reclamações.

Utilizar a metodologia definida. Ter registo da monitorização realizada.

Cumprir a legislação para o livro de reclamações.

Ter registo da monitorização realizada, demostrar o tratamento da mesma e ações de melhoria.

FAÇA O DOWNLOAD DA Especificação Técnica APEGAC AQUI