O Governo atualizou, esta quinta-feira, a lista de concelhos que vão estar com regras mais apertadas para conter a evolução da pandemia de covid-19.

A atualização com os novos concelhos tem efeito a partir da próxima segunda-feira (mas os concelhos que saem da lista sentem o alívio já a partir desta sexta-feira).

Há mais 77 concelhos prontos a entrar na lista dos municípios com regras mais apertadas para enfrentar o avanço da pandemia de covid-19 em Portugal. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, António Costa, esta quinta-feira. Enquanto 77 concelhos enfrentarão restrições mais apertadas, há luz verde para outros sete concelhos, que saem da “lista vermelha” já esta sexta-feira. Contas feitas, Portugal contará com 191 concelhos sinalizados e a enfrentar as restrições mais apertadas do estado de emergência.

A resolução do Conselho de Ministros de 12 de novembro, que prorroga a declaração da situação de calamidade, em todo o território nacional continental, até às 23h59 do dia 23 de Novembro.

Em relação aos concelhos com risco elevado, o diploma define que:

  • A partir das 00h00 de dia 13 de novembro, os seguintes concelhos deixam de fazer parte da lista dos com risco elevado: Batalha, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Pinhel, São João da Pesqueira, Tabuaço e Tondela;
  • A partir das 00h00 de dia 16 de Novembro, os seguintes concelhos passam a fazer parte da lista: Abrantes, Águeda, Albergaria-a-Velha, Albufeira, Alcanena, Aljustrel, Almeida, Almeirim, Alvaiázere, Anadia, Ansião, Arcos de Valdevez, Arganil, Arronches, Boticas, Campo Maior, Cantanhede, Carrazeda de Ansiães, Castro Daire, Celorico da Beira, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Coruche, Crato, Cuba, Elvas, Estarreja, Évora, Faro, Ferreira do Alentejo, Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Grândola, Ílhavo, Lagos, Lamego, Mangualde, Manteigas, Mealhada, Mêda, Mira, Miranda do Corvo, Miranda do Douro, Mirandela, Monforte, Montalegre, Montemor-o-Velho, Mora, Murtosa, Nelas, Oliveira do Bairro, Ourém, Pampilhosa da Serra, Penalva do Castelo, Penamacor, Penela, Ponte de Sor, Portalegre, Portimão, Proença-a-Nova, Reguengos de Monsaraz, Resende, Salvaterra de Magos, São Pedro do Sul, Sátão, Seia, Sousel, Tábua, Tavira, Torre de Moncorvo, Vagos, Vieira do Minho, Vila do Bispo, Vila Nova de Foz Côa, Vila Nova de Paiva, Vila Real de Santo António e Viseu;
  • Durante o fim-de-semana, a abertura do comércio será a partir das 8h e o encerramento às 13h, exceto em certos casos restritos como farmácias, clínicas e consultórios, estabelecimentos de venda de bens alimentares até 200 m2 com porta para a rua e bombas de gasolina;
  • Durante o fim-de-semana, a partir das 13h, os restaurantes só poderão funcionar para entrega ao domicílio.